Transmissão de Calor por Condução

Apostila Digital Termometria

Transmissão de Calor por Condução

A condução é um processo pelo qual o calor flui de uma região de alta temperatura para outra de temperatura mais baixa, dentro de um meio (sólido, líquido ou gasoso) ou entre meios diferentes em contato físico direto. No fluxo de calor por condução a energia é transmitida por meio de comunicação molecular direta, sem apreciável deslocamento das moléculas.

De acordo com a teoria cinética, a temperatura de um elemento de matéria é proporcional à energia cinética média de suas moléculas constituintes. A energia intrínseca de um elemento e posição relativa das moléculas são chamadas “energia interna”. Assim, quanto mais rápido se movem as moléculas, maior será a temperatura e a energia interna do elemento de matéria. Quando as moléculas em uma região adquirem uma energia cinética média, maior do que aquela das moléculas das regiões adjacentes, conforme manifestado por uma diferença de temperatura, as moléculas possuidoras de maior energia transmitirão parte de sua energia para as moléculas da região a temperatura mais baixa.

A transferência de energia poderia ter lugar por impacto elástico (como nos fluidos) ou por difusão de elétrons de movimento rápido das regiões de alta para baixa temperatura (como nos metais).

Independente do mecanismo exato, que de forma alguma é totalmente entendido, o efeito observável da condução de calor consiste na igualdade de temperatura. Entretanto, se diferenças de temperaturas são mantidas pela adição ou remoção de calor em pontos diferentes, um fluxo contínuo de calor da região quente para a fria será estabelecido.

A condução é urna forma de troca de calor que predomina nos sólidos. A condução também é importante nos fluidos, mas nos meios não sólidos, usualmente ela é combinada com a convecção e, em alguns casos, também com a radiação.

Post Ad After

Comments are closed.